A Cruz de 8 Pontas

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Explicação da “Cruz Russa de Três Barras” - também denominada a Cruz de Oito Pontas.


O simbolismo da cruz "completa" é complexo. 

 

Uma vez que a tradição do Rito da Igreja Ortodoxa Russa é muito mais rica que a Igreja do Novo Rito em seu uso de simbolismo para ensinar os fiéis, este artigo deve ser de benefício àqueles não familiarizados com essa tradição.


Através da Cruz veio nossa Salvação. 

 

Somos constantemente lembrados de que Cristo morreu por nós quando vemos a imagem da Cruz (representando o Senhor crucificado).


Adorando ao Senhor crucificado, estão dois anjos, voando, com a inscrição entre eles: "Anjos do Senhor" (Eslavônico: Ангели Господни). Em algumas representações da Cruz, os Anjos estão carregando uma imagem da Santa Trindade, mas as tradições variam ao permitir ou não isso; geralmente os Anjos estão simplesmente segurando toalhas, indicando sua posição como mensageiros que servem ao Senhor e que nEle esperam.


A trave no topo da Cruz é a barra de título que Pilatos ordenou ser pendurada em escárnio sobre a cabeça de Cristo. Nessa tábua foi escrito: "Jesus de Nazaré, Rei dos Judeus" em Hebraico, Grego e Latim (abreviado para as iniciais gregas 'INBI', ou as iniciais latinas 'INRI' na tradição ocidental). 

Isso foi substituído com a inscrição cristã: "Rei da Glória" (Eslavônico: Царь славы), colocada sob os joelhos dos anjos. [Note que enquanto o uso da inscrição 'І.Н.Ц.І.' geralmente não aparece na tradição Russa, exemplos de sua ocorrência são ocasionalmente encontrados nas Cruzes Russas mais novas.] 

Na barra de título está escrito as iniciais 'IC XC', Sendo as primeiras e as últimas letras do nome de Cristo em Grego (Grego: Iisous Khristos; Eslavônico do Velho Rito: Ісоусъ Христосъ; Eslavônico do Novo Rito: Іисусъ Христосъ). 

 

Além disso, logo acima dos braços de Cristo vemos a inscrição: 'NIKA', que em Grego significa: "Ele conquista" ou "Ele é vitorioso." (sobre a morte e o pecado). 

 

Note que na própria tradição Ortodoxa o Salvador não usa uma coroa de espinhos (como na tradição ocidental), nem é Ele representado vivo na Cruz, nem em qualquer aspecto de sofrimento, mas em estado de humilde e pacífico repouso, com a cabeça inclinada. Perceba também que Seus pés estão pregados com dois pregos.


A trave do meio é aquela na qual as mãos do Senhor foram pregadas. Em ambos os cantos superiores vemos a representação do sol (esquerdo; Eslavônico: солнца) e da lua (direito; Eslavônico: луна), pois "O sol escondeu sua luz, e a lua tornou-se sangue." (Joel 2:31) 

 

A inscrição: "Filho de Deus" (Eslavônico: Сынъ Божіи) é colocada em ambos os lados da cabeça de Cristo, e sob Seus braços lemos a inscrição: "Inclinamo-nos perante Tua Cruz, ó Mestre, e adoramos Tua Santa Ressurreição" (Eslavônico: Кресту Твоему покломняемся Владыко, и святое воскресение Твое славимъ). 

 

A auréola de Cristo está inscrita com as letras Gregas 'w ov', significando: 'O Ser' ou 'Ele Que É', para nos lembrar que Cristo é o mesmo Deus Que Se identificou com aquelas palavras a Moisés na Antiga Lei.


Por trás do corpo de Cristo, em ambos os lados, estão uma lança (que O perfurou) e uma esponja (que foi molhada com fel ou vinagre e oferecida a Ele para beber) numa estaca feita de junco ou cana. A lança (na esquerda) é marcada com "K" em Eslavônico; dando a entender "копие ou lança em português", enquanto a esponja (na direita) é marcada com "T", dando a entender "трость" (que significa: 'junco' ou 'cana'). 

 

Em algumas Cruzes podemos encontrar ver em vez de "T" a inscrição "Г" que dá a entender "губка" (esponja) em Eslavônico.] 

 

No corpo de Cristo estão representados sangue e água jorrando de Seu lado.


A trave inferior inclinada é o suporte dos pés. Em orações da Hora Nona, a Igreja compara a Cruz a um tipo de equilíbrio da justiça:

"Entre dois ladrões Tua Cruz provou ser o equilíbrio da justiça: pelo que um deles foi tragado pelo Hades pelo peso de sua blasfêmia [a balança aponta para baixo], enquanto o outro foi iluminado de suas transgressões para a compreensão da teologia [a balança aponta para cima]. Ó Cristo Deus, glória a Ti."


A cidade de Jerusalém é representada no plano de fundo, pois Cristo foi crucificado fora dos muros da cidade. Aos pés da Cruz estão as letras: "Г Г" que abreviam 'Monte Gólgota' (Eslavônico: Гора Голгофы); esse é o monte fora dos portões da cidade sobre o qual Cristo foi crucificado. 

Debaixo dos pés de Cristo estão quatro letras Eslavônicas com sinais de abreviação: "М.Л.Р.Б.", significando: "O lugar da caveira, onde esteve Adão" (Eslavônico: Место лобное рай бысть). Escondido numa caverna sob a terra está 'o esqueleto de Adão' (pois através de piedosa tradição é dito que Cristo foi crucificado precisamente no mesmo lugar onde Adão foi enterrado), identificado com as letras: "Г А" (Eslavônico: глава Адамла – A Cabeça de Adão). 

 

Somos assim lembrados que Adão, nosso pai, perdeu o Paraíso através da árvore da qual ele erroneamente tomou parte; Cristo é o novo Adão, trazendo-nos a Salvação e o Paraíso pela árvore da Cruz.

 

Localização

SHIS QI 09 Área Especial - Lago Sul 

Brasília - DF

 

(61) 3248-2828 / 9 9881-9861

igrejaortodoxasaojorge@gmail.com

 

www.igrejaortodoxasaojorge.com